Primeiro jeans de cânhamo do Brasil é lançado pela Vicunha

Publicado por Romildo de Paula Leite em 26 outubro 2021 às 8:01 em OPERACIONAL


Cada vez mais, o mundo e os consumidores demandam por serviços, produtos e iniciativas mais limpas e sustentáveis das grandes empresas. Na moda, isso não é diferente. Por isso, a Vicunha, multinacional de jeanswear, está ampliando seu inovador portfólio de produtos trazendo, entre seus lançamentos, tecidos em denim e sarja feitos a partir do cânhamo, uma das fibras mais versáteis e sustentáveis do mundo. A empresa é a primeira têxtil brasileira a investir na fabricação de tecidos jeanswear com este insumo no País. Os lançamentos estão sendo apresentados publicamente esta semana, durante o V.2, semana de lançamentos da companhia.


Entre as novidades produzidas com a mistura entre algodão e cânhamo, a empresa anuncia quatro produtos: Hemp e Hemp Light (no denim) e Itacaré e Maragogi (na sarja). Os lançamentos integram a linha de produtos V.Eco da Vicunha, já conhecida por apresentar tecnologias inovadoras e com grande valor sustentável agregado. É o exemplo do Absolut Eco, produzido a partir de processos que permitem uma redução de até 95% no consumo de água e até 90% no consumo de químicos, além de contar com algodão reciclado obtido a partir de resíduos do processo de fiação.

Matéria-prima sustentável

O cânhamo é uma cultura de alto rendimento e um recurso renovável. Isto significa que ele produz muito mais fibra por acre comparado a outras matérias-primas, requerendo, inclusive, menos água e menos terra em sua plantação. Além disso, ele é uma planta de crescimento rápido (leva apenas de 90 a 100 dias para ser cultivado da semente à colheita) e fácil (cresce em diversos tipos de solo e condições climáticas).

O cânhamo também é uma das culturas menos agressivas para o meio ambiente e mais seguras em termos de plantio. Isso porque ele é naturalmente resistente à maioria dos insetos e doenças e fornece seus próprios nutrientes ao solo, o que repõe sua fertilidade.

“Nós estamos numa busca constante por inovações e soluções sustentáveis que promovam economia de recursos e redução do impacto no meio ambiente. É o nosso dever, como uma das maiores fabricantes jeanswear do mundo e a maior do Brasil, experimentar novas tecnologias dentro da indústria que possibilitem uma produção mais limpa e consciente, além de oferecer as últimas tendências ao consumidor. E vimos no cânhamo essa oportunidade, de entregar ao mercado um produto sustentável, de alta qualidade e baixo impacto ambiental”, destaca Renata Guarniero, gerente de marketing da Vicunha.

As fibras de Cânhamo

“Além de ser uma fibra ambientalmente segura, a fibra do Cânhamo na produção do jeans proporciona às peças uma textura semelhante à do linho, além de torná-lo mais macio a cada uso e lavagem”, afirma Guarniero.

Mas as vantagens do material vão além do conforto e da praticidade adicionados às peças. A fibra de cânhamo também é:

  • Durável: com alta resistência à tração, é uma das mais fortes e mais duráveis entre todas as fibras naturais.

  • Respirável: isto significa que a fibra não retém a umidade, além de impedir o crescimento de mofo e bolor.

  • Antibacteriana: inibe o desenvolvimento de micro-organismos e respira perfeitamente evitando odores;

  • Biodegradável: quando as roupas de cânhamo chegam ao fim de sua vida útil, as fibras se biodegradam facilmente em nutrientes do solo;

  • Hipoalergênica.

Afinal, Cânhamo é Maconha?

Não! Apesar de serem da mesma espécie - a Cannabis sativa - o que difere o cânhamo da maconha é o perfil químico de cada planta. Para ser classificada como cânhamo, a planta precisa ter menos de 0,3% de THC, o principal composto psicoativo da planta, em peso. Se o valor de THC estiver acima desse nível, a planta é considerada maconha.


https://www.abit.org.br/noticias/primeiro-jeans-de-canhamo-do-brasi...


Para participar de nossa Rede Têxtil e do Vestuário - CLIQUE AQUI

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square