Brasília na moda: marcas criam coleções em homenagem à capital

           collaborated REBECA OLIVEIRA  photo CORTESIA


Além de eventos culturais e um megashow na Esplanada dos Ministérios, aniversário da cidade também serve de inspiração para marcas locai

 

Cidade-museu, Brasília é inspiradora desde a sua gênese. Erguida devido ao trabalho exaustivo de 60 mil bravos pioneiros, a capital federal é fruto de sonho, suor e sangue.

 

Essa utopia que se tornou real inspira diversas marcas com DNA local. Todos os anos, algumas labels lançam coleções que fazem uma ode à coragem de Juscelino Kubistchek e outras dezenas de pessoas que ousaram transformar uma terra onde havia "apenas" poeira e árvores retorcidas em uma das mais cosmopolitas e modernas cidades brasileiras.  

 

 

 

Com o lema "Adoro Brasília", a Avanzzo criou um t-shirt que traz a frase estampada na cor vermelha. Branca e em confeccionada em material leve, ideal para os dias quentes da capital, a camiseta tem ainda um laço lateral que permite a personalização, a depender do outfit escolhido. Mais que uma peça básica, é um item para quem pretende estampar no peito o orgulho pelo quadrado do Distrito Federal.

 

Criadora da marca, Daniella Naegele explica ao GPS|Lifetime que a iniciativa é uma forma de gratidão por tudo que o DF proporciona à empresa. “Nossa marca nasceu na cidade", conta. "A cidade nos permite criar, crescer e voar em busca de nossos objetivos. Nós adoramos Brasília e explicitamos o nosso amor a ela", define.

 

Quem também nunca escondeu o amor pela cidade desenhada por Lucio Costa é a Dane-se. Todos os anos, às vésperas do aniversário de Brasília, eles lançam olhar sob algum aspecto histórico da cidade, e a reverencia. Para os 59 anos de Brasília, o carinho foi direcionado aos pioneiros.

 

Não é só roupas, mas sobre histórias, como bem define um dos sócios, Daniel Moreira. "Estamos vestindo o orgulho dos brasilienses de terem construído nossa terra em cinco anos", constata o empresário.

 

Assim como Daniella, um dos responsáveis pela Dane-se também desenha esse tipo de item como um agradecimento à acolhida por parte dos consumidores locais. O saldo, comemoram, está fechando positivo para quem produz - embora ainda não seja uma realidade a todas as etiquetas criadas no DF.

 

"Não podemos reclamar da moda local. No começo, claro, houve uma certa resistência. O público ainda queria consumir apenas lojas nacionais e até internacionais. Fomos remando contra a maré e hoje navegamos do mesmo lado. Estamos em um dos maiores shoppings do país, com grifes estrangeiras, e vemos a uma aceitação completa", comemora.

 

 

 

A prática também é comum, ao longo de todo ano, na Laletá. Genuinamente brasiliense, a empresa lançou, há pouco, a coleção Tesourinha. Ela faz menção aos famosos retornos de trânsito brasiliense nas cores e estampas, que tem um quê artsy

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF