• Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF

Vestíveis poderosos estão sendo desenvolvidos com Biologia Sintética, Impressão 3D e Tecnologia Wearable

10/12/2018

Projetos científicos estão mirando no que vestimos com a intenção de integrar funções biológicas aos wearables, ou seja, dar vida aos vestíveis super tecnológicos. Isso está sendo feito através de microorganismos sintéticos e algoritmos que poderão melhorar e aumentar as nossas funções biológicas ao serem incorporados em wearables impressos em 3D para serem usados junto ao corpo – esse funcionamento poderia ser comparado a um órgão externo e sintético. O Mushtari é um exemplo desses wearables que faz parte da coleção Wanderers, projetado para produzir micróbios com o intuito de transformar a luz solar em substâncias úteis ao nosso corpo, podendo ser essa substância um pigmento, uma fonte de energia ou um aroma. A ideia de ativar wearables com microorganismos sintéticos é para ampliar a nossa atuação e “poder” no ambiente em que estivermos, e até mesmo produzir elementos que sustentarão a nossa vida. A coleção Wanderers é composta por 4 wearables diferentes, sendo cada um projetado para interagir em um ambiente específico e gerar o que for necessário para a sobrevivência humana através dos elementos encontrados nessas atmosferas, podendo ser água, oxigênio, biomassa, luz, biocombustível, e até mesmo fortalecer a estrutura corporal. Além do Mushtari que é um wearable projetado para interagir no planeta Júpiter há o Zuhal para Saturno, o Ottared para Mercúrio e o Quamar para a Lua. Todos exploram a beleza da impressão 3D multimaterial com a biologia sintética. Parece loucura? Pois é, mas engenheiros, cientistas, arquitetos, designers e pesquisadores estão loucos para explorar e hackear novos mundos através dos nosso próprio corpo com ajuda da ciência e novas tecnologias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Projeto dirigido por Neri Oxman, grupo Mediated Matter em colaboração com a Stratasys, pesquisadores Will Patrick, Steven Keating, Sunanda Sharma e colaboradores: Christoph Bader, Dominik Kolb, Pamela Silver, Stephanie Hays, Dr. James Weaver.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square