Território Criativo

Se você é músico, cineasta, designer, ator, escritor, artista, produtor ou empreendedor cultural, fique atento, pois nos próximos dias 24 e 25 de novembro acontece o “Mercado Território Criativo” no Espaço Renato Russo na 508 Sul. O encontro contará com palestras, bate-papo e shows, a programação completa pode ser conferida no site: www.mercadotc.com.br

 

 

Realizado pela Secretaria de Cultura e Instituto Bem Cultural, o Mercado Território Criativo tem como intuito criar um ambiente de integração, geração de negócios e trocas de experiências entre empreendedores da economia criativa no DF. “Percebemos um vazio e vimos que isso poderia ser uma iniciativa para criar um ambiente onde o Networking pudesse acontecer de forma potente, gerando assim interação entre os empreendimentos a fim de gerar novos conteúdos”, explica Leonardo Hernandes secretário executivo do projeto.

 

O Mercado Território Criativo é desdobramento do Território Criativo, uma política criada para incentivar e desenvolver a economia criativa no DF. O projeto se materializa em duas frentes, sendo a primeira delas um espaço físico onde funciona coworking com sala de treinamento e reuniões. O espaço fica à disposição dos empreendedores da economia criativa, é uma oferta pública para aqueles que ainda não possuam infraestrutura própria, possam utilizá-las para desenvolver seus trabalhos.

 

A segunda frente com a qual o projeto trabalha é a de qualificação, capacitação e formação, onde são oferecidos cursos pontuais em diversos formatos com especialistas da área de gestão empresarial. “Os cursos são voltados para o desenvolvimento empresarial e às vezes optamos por projetos de qualificação mais estruturados, como processo de aceleração, monitorias e consultorias específicas, são formas várias de qualificação para ajudar os empreendedores”, complementa Leonardo.

 

“O Território Criativo surge com a ideia de propagar a economia criativa, a secretaria de cultura lançou um edital público para onde o instituto Bem Cultural apresentou um projeto com propostas de organizações dessas capacitações e foi escolhido para gerenciar. O projeto teve início em agosto de 2017 e já temos um ano de atuação e conseguimos atingir os resultados desejados, o projeto segue até abril de 2019”, esclarece Leonardo.

 

Entre os principais setores escolhidos para serem priorizados dentro da economia criativa, está a moda onde se é trabalhado o chamado “capacitação em laboratório”, onde é realizado uma espécie de aceleração dos empreendimentos por meio da aplicação de conteúdos específicos além de consultorias individuais. “A gente se aproximou do setor da moda, e com isso algumas pessoas começaram a nos procurar para oferecer cursos no nosso espaço em desenvolvimentos específicos”, conta Hernandes.
 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF