Finíssimo Aposta: Capim Estrela transforma natureza em complemento fashion

 

Falando de acessórios, o design brasiliense é, normalmente, rústico e cheio de traços modernos, mas há quem esteja chamando a atenção do consumidor local com peças vintage cheias de delicadeza, como é o caso da Capim Estrela, das designers Ana Raquel Banquart e Gaia Diniz. Com uma interessante técnica de preservação de flores e folhas secas, as empresárias não passam despercebidas nas seções de complementos das principais lojas colaborativas de Brasília seus camafeus florais.

 

Com inspirações na flora brasileira, no Cerrado e em seus próprios jardins, Ana e Gaia oferecem aos amantes da natureza um verdadeiro amuleto. Há quem transforme até mesmo seu buquê de casamento em acessório nas mãos das designers. “A inspiração vem das flores que encontramos em nossos caminhos. Nos inspiramos também nos consumidores, que sempre dão ideias e encomendam peças exclusivas”, afirmam.

 

De acordo com as empresárias, elas entraram no mundo da moda por acaso. A paixão inicial era por plantas e trabalhos manuais, mas, à medida que foram criando as peças, acabaram se apaixonando pela confecção complementos. “A marca foi criada em 2014. Na época, a Ana era estudante de Engenharia Florestal, onde desenvolveu o seu amor pela natureza e, principalmente, pelo Cerrado. Durante o curso, aprendeu técnicas de secagem de plantas e passou a aprimorá-las. A ideia surgiu da vontade de levar um pouco da natureza todos os dias, em forma de acessórios”, conta Gaia.

 

As designers levam seu processo criativo com liberdade, com produção própria e local, mas relatam ter que buscar suas matérias-primas em outros estados. “Infelizmente, em Brasília é muito difícil encontrar as coisas que utilizamos para produzir nossos acessórios, mas, com relação às plantas, compramos de produtores do DF e cultivamos muitas delas”.

 

tualmente, Ana e Gaia trabalham a coleção Jardim Secreto, uma linha mais pessoal, já que é feita com flores colhidas apenas em seus jardins pessoais e caminhos cotidianos. “É um trabalho que fala por si só sobre o amor que temos pela natureza, que revela os pequenos detalhes e alegrias da nossa vida, mas a gente reproduz todas as peças que já criamos, desde a primeira coleção, porque os clientes sempre pedem”, revela.

 

Ana e Gaia, criadoras da Capim Estrela

 

Confira o resto da conversa que tivemos com as idealizadoras da Capim Estrela:

 

 

Quem são os clientes da marca? Qual tipo de consumidor se interessa pelas criações de vocês?

 

O nosso público é muito variado. Atendemos pessoas de todas as idades e dos dois sexos. Porém, atualmente, nosso público mais significativo é de mulheres entre 25 e 34 anos. As redes sociais e as feiras que participamos nos aproximam do público e vemos que as pessoas que usam nossas peças valorizam muito a natureza. São pessoas que gostam de cuidar de plantas e que usam nossas peças como amuletos.

 

Quantas peças são produzidas e vendidas por mês?

 

O número de peças é muito variável. Nos meses de natal e Dia das Mães, aumentamos a produção, pois as pessoas gostam muito de presentear com nossos acessórios.

 

 

 

O pessoal do DF está aceitando bem o que é produzido na cidade?

 

As pessoas valorizam muito o fato de ser um produto local e criam uma identificação com a marca, por ela simbolizar Brasília e o cerrado. Desde 2014, ano em que a marca foi criada, participamos de feiras e lojas colaborativas e percebemos cada vez mais o quanto os brasilienses gostam e apoiam as marcas locais. É lindo de ver como muitas delas estão crescendo.

 

Onde as pessoas podem encontrar as peças da Capim Estrela para comprar?

 

As peças estão disponíveis no nosso site e também nas lojas Nós Mercado Criativo do Iguatemi Shopping, Terraço Shopping e DF Plaza; e nas Endossas da 306 Sul, 310 Norte, CasaPark e Rua Augusta, em SP.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF