Cria, Brasília! Saiba o que observar na hora de comprar sua primeira máquina de costura

 

Se matricular em um curso de corte e costura é fundamental para quem quer aprender a confeccionar roupas, porém, este não é o único passo que deve ser tomado para adentrar o mundo da criação. De acordo com a professora Carmela Brasil, ter uma máquina de costura em casa é quase um pré-requisito para os alunos.

 

Segundo com a costureira, nem sempre o tempo das aulas é suficiente para praticar o manuseio dos equipamentos e a montagem das peças, o que torna qualquer máquina de costura uma verdadeira mão na roda durante o processo de aprendizado. “Ter uma máquina em casa é importante para fixar as técnicas aprendidas e ajudar na agilidade, algo imprescindível na costura. Dessa forma, também, você terá muito mais liberdade para criar projetos originais”, afirma.

 

A professora diz que, para treinar, qualquer maquinário serve, mas é sempre melhor praticar nos modelos com os quais você quer trabalhar. Para quem quiser em investir em aparelhos novos, Carmela indica que, antes de compra-los, o aprendiz deve ter uma ideia clara daquilo que quer fazer. “A principal preocupação na hora de comprar sua máquina de costura deve ser o que você vai costurar nela. Máquinas industriais são direcionadas para costura de grande escala, enquanto as máquinas domésticas são mais utilizadas para pequenas produções”, explica.

 

                                           Reta caseira                                                                                               Reta industrial

 

 

Outras características a serem observadas são os acessórios que vêm com a máquina, suas funções, o número de pontos, as opções de casas de botão e o braço livre, que facilita a costura de mangas e calças. Quanto mais artifícios e comodidades o aparelho disponibilizar, melhor.

 

Para trabalhar com malhas é indicado o uso de uma overlock, utilizada também para acabamentos em tecidos planos. Se o foco for moda praia e fitness, o uso de uma galoneira é imprescindível. A designer aponta que a marca Singer ainda é a favorita entre os profissionais da área, por seu custo benefício e número de assistências técnicas, mas que os aparelhos da Brother e da Janome não ficam atrás de sua concorrente.

 

                                     Overlock industrial                                                                                           Overlock caseira

 

É possível encontrar máquinas retas caseiras a partir de R$ 830. A overlock, também caseira, custa entre R$ 1.150 e R$ 1.500. O investimento em equipamentos industriais é um pouco maior, passando dos dois mil, o que leva muitas pessoas a optarem por maquinários usados. A galoneira não sai por menos de R$ 4.500.

 

Como se já não bastasse o valor das máquinas, Carmela ainda lista outros itens fundamentais para um costureiro de primeira viagem. Além dos tecidos, linhas e agulhas, é necessário giz para marcar tecido, tesouras de bom corte, réguas de modelagem, sapatilhas, abridor de casas, aviamentos e uma fita métrica. Cada item tem sua importância e pode servir para tarefas rotineiras ou até mesmo para agilizar algumas etapas da costura”, finaliza.

 

                  Máquina de bordar                                  Galoneira, máquina que faz barras de peças de malha, roupas fitness e moda praia

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF