Cria, Brasília! Saiba onde fazer aulas de corte, costura e modelagem no DF

Durante a série de matérias Finíssimo Aposta, onde mostramos o trabalho de marcas independentes que estão chamando a atenção na moda brasiliense, nos deparamos com a unânime opinião de que a capital federal carece de costureiros e modelistas. Os designers da cidade afirmam que até existem profissionais capacitados, mas são poucos.

 

Atentos a este déficit, tendo em vista que o consumo de etiquetas locais está cada vez maior, nós preparamos uma nova série de matérias que irá abordar o ensino e a capacitação têxtil no DF, orientando os leitores que desejam aprender o ofício da costura. Intitulado “Cria, Brasília!”, o conjunto de posts falará sobre os cursos disponíveis na capital federal, dará dicas para não errar na hora de investir nos primeiros equipamentos e apresentará uma técnica de modelagem criada em Brasília.

 

 

Abrindo nosso guia, listaremos as instituições que oferecem aulas de corte e costura no DF. As opções são várias e atendem desde os iniciantes até pessoas que já trabalham no segmento, mas desejam de aperfeiçoar. Há cursos focados em modelagem e alfaiataria e outros indicados para quem quer adentrar o mundo das grandes confecções.

 

Segundo a professora Carmela Brasil, que já ministrou aulas no Fashion Campus, no Senai e no Senac, o ideal é fazer vários cursos. “Comece primeiro pelo de corte costura e um básico de modelagem, e depois uns mais avançados de acabamentos. O mais importante é que os cursos sejam feitos de modo contínuo, sem interrupção, e que o aluno tenha determinação e força de vontade”, afirma.

 

Há seis anos ensinando técnicas de costura para crianças, jovens e adultos, a designer largou a Geografia, área em que se formou, para focar na confecção de roupas. “Resolvi levar a costura a sério por incentivo da professora Teresinha Pereira, que lecionou primeiro curso com ela no Senac. Ao longo dos últimos oito anos, ela vem me auxiliando nos estudos. Aproveitei esse período para aprender técnicas de modelagem e de costura. Fiz cursos à distância no Senai e de aperfeiçoamento no Senac”, conta.

 

De acordo com ela, devido às características socioeconômicas de Brasília, ficamos bem aquém de outros polos de moda, mas que as possibilidades de atuação são muito amplas para os costureiros. “Faltam no mercado bons profissionais, com preparo técnico e especialização, para atender as necessidades da indústria. É uma profissão bem remunerada, desde que o costureiro ofereça produtos e serviços de qualidade. Porém, para se destacar é necessário possuir experiência e qualificação”, enfatiza.

 

 

Confira as instituições que oferecem aulas de corte e costura no DF.

 

Senac

 

O Senac oferece o curso de Costureiro nas unidades Sobradinho, Gama e Jessé Freire, nos períodos manhã, tarde e noite, de segunda a sexta-feira. A carga horária é de 212 horas, totalizando pouco mais de três meses de instrução. Além de aprender a manusear máquinas industriais e caseiras, os alunos contam com aulas de modelagem básica. A instituição disponibiliza os equipamentos, tecidos e aviamentos. O investimento é de R$ 1.278,00, que podem ser divididos em até 9 vezes. Mais informações: (61) 3313-8877

 

Senai

 

Os cursos na área do vestuário são oferecidos nas escolas do Gama e de Taguatinga, mas no momento só há turma prevista para o Gama, com início no dia 10 de setembro. As aulas de Costura Sob Medida, que abrangem modelagem, corte e costura são ministradas de segunda a sexta-feira e totalizam 200 horas. O investimento é de R$ 1.400.

 

Fashion Campus

 

Localizado na 410 Sul, o Fashion Campus oferece cursos de costura com apenas cinco alunos em sala, o que é um importante atrativo. As aulas são às segundas e quartas ou terças e quintas, nos períodos manhã, tarde e noite. O investimento é de R$1930, divididos em até seis parcelas. Os alunos têm noção de modelagem durante o curso, mas podem optar por fazer um módulo voltado apenas a isso ou à produção em malharia.

 

Espaço Moulage

 

O Espaço Moulage, localizado na 110 Norte, oferece um pacote de 20 aulas, que são agendadas de acordo com a disponibilidade do aluno. A empresa cobra uma taxa de R$40 para a matrícula e as aulas custam R$ 1.500. A carga horária total é de 60 horas. As turmas têm no máximo dez alunos e são orientadas por duas professoras. Além do curso básico, a instituição oferece opções avançadas e voltadas à modelagem. Mais informações: (61) 3349-1169  ou  (61) 99250-6498

 

Isan Mirtes

 

A escola, localizada na 509 Norte, oferece aulas de segunda a sábado, nos períodos manhã, tarde e noite. Por lá, eles trabalham com três módulos de 36 horas cada, sendo um básico, um regular e um avançado. As turmas têm no máximo oito alunos e são guiadas por duas professoras. O módulo básico custa R$ 1.050, o intermediário R$ 1.170 e o avançado R$ 1.410, divididos em até cinco vezes. A instituição disponibiliza os livros da metodologia Ioli e as réguas, já que tem como foco a modelagem. (61) 3242-8740

 

Casa do Ceará

 

A Casa do Ceará, localizada na 910 Norte, oferece aulas semanais, totalizando seis meses de curso. A mensalidade é de R$ 200. As turmas variam de 10 a 15 alunos, com uma professora em sala. Os alunos aprendem a executar saias retas, evasê, godê, blusa regata, blusa com gola, calça básica e vestido tubo na modalidade básica. Mais informações: (61) 3533-3806

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF