Capital da moda: Senac celebra talentos locais em desfile no Museu Nacional

           collaborated GUSTAVO AZEVEDO photo BRUNO CAVALCANTI

 

O desfile aconteceu em um dos mais icônicos monumentos da capital, o Museu Nacional de Brasília

 

Sob os olhares atentos de centenas de pessoas, a rampa do Museu Nacional de Brasília se transformou em passarela para o aguardado desfile da 1ª edição do Destaque Moda Senac-DF. Na noite de quinta-feira, 24, a capital de Oscar Niemeyer viu se concretizar um projeto nascido no coração da coordenadora Verônica Goulart, que veio especialmente do Rio de Janeiro para criar os cursos do segmento de moda da instituição aqui no Distrito Federal.

 

 

Emocionada com a grandiosidade e sucesso do evento, Verônica se mostrou realizada. “O evento coroa esse desafio que me foi dado. Fico muito feliz em participar desse momento memorável, que ficará para sempre marcado na história do Senac e de todo o DF”, comemora.

 

Verônica conta que a direção do Senac procurava uma forma de divulgar que a instituição também tem uma fatia importante no cenário da moda de Brasília. Foi a partir daí que surgiu o desejo de realizar um concurso, posteriormente batizado de Destaque Moda Senac-DF e lançado em março deste ano.

 

Foram mais de 100 inscritos. Meninas e meninos que sempre sonharam em se tornar grandes estilistas. “O único pré-requisito era que todos fossem moradores do DF. Nosso desejo sempre foi valorizar as pessoas daqui”, afirma Verônica. Após avaliação criteriosa do material enviado por cada candidato, os três vencedores foram selecionados: Paulo Bastos, Victor Galeno e Lourival Souza.

 

 O talento dos designers ganhadores do concurso aliado a habilidade dos professores e alunos do Senac-DF transformaram o projeto em realidade. O desfile contou com cerca de 40 modelos, divididos em três estilos: moda feminina, masculina e unissex. O primeiro a ter sua coleção apresentada foi o morador de Samambaia Paulo Bastos, de 25 anos. A diversidade ficou estampada nas roupas inspiradas na botânica do Cerrado.

 

 Foram várias noites em claro, lembra o estilista. Mas, depois que tudo passou, veio o alívio e o sentimento de dever cumprido. “Decidi vim de drag queen no dia do desfile para mostrar que a representatividade existe. Quis estampar nas minhas roupas a mensagem de que você pode ser livre. Valeu a pena”, avalia. Apesar da pouca idade, Paulo já tem uma bagagem importante como designer no segmento. Em 2014, ao Concurso de Novos Talentos, promovido por uma semana de moda de Brasília. Ganhou e se tornou o primeiro estilista revelação a apresentar uma coleção de bolsas na passarela do evento. Agora, ostenta mais uma conquista para o portfólio.

 

 Representando a categoria de moda masculina, Victor Galeno, 23, foi o segundo da noite a ter suas criações desfiladas. Graduado e pós-graduado em Design de Moda, o jovem estilista de Sobradinho começou a carreira profissional atuando como stylist para marcas, revistas e sites nacionais e internacionais. No conceito da coleção, buscou reinterpretação dos elementos arquitetônicos da paisagem brasiliense. As formas rígidas, geométricas e ao mesmo tempo sinuosas da nossa capital serviu para produção do trabalho. Empolgado com tudo que aconteceu na noite, Victor celebra. “Acordava às 5h e só ia dormir no outro dia, às 2h. O esforço valeu a pena. Saiu tudo como havia pensado, e tanta gente prestigiando o meu trabalho não tem preço”, pondera.

 

 

O desfile da coleção de Lourival Souza, 19, fechou a noite. Conforto e simplicidade marcaram as criações unissex do estudante de Moda, que se inspirou nos vitrais da Catedral Metropolitana, com leveza e frescor pelos tons de azul e verde. “Todo o processo me deixou muito ansioso, mas quando vi tudo se realizando nessa noite fiquei mais tranquilo e curti o momento. Foi uma experiência indescritível. Sinto muito orgulho de mim. Ficou lindo”, ressalta, com um sorriso que quase nunca sai do rosto.  

Apoio

Os três estilistas vencedores do Destaque Moda Senac-DF contaram com apoio de alunos da instituição. Pelo menos 120 estudantes dos cursos de Costureiro, Personal-Stylist, Cabeleireiro e Maquiagem participaram de todo o processo.

O desfile contou ainda com apoio da Secretaria de Cultura do DF, do Museu Nacional, da Biblioteca Nacional, do Sebrae, do GPS|Lifetime, da marca de maquiagem Catharine Hill, da Malharia Ipanema e da agência 3 Models.

 

GALERIA DE FOTOS

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF