A nova feminilidade – Silhueta forte e cheia de atitude é a aposta dos estilistas para celebrar as mulheres

28/03/2018

 

 

Em época de grandes movimentos pelo direito das mulheres, o mundo da moda respira uma nova feminilidade, que rompe com a delicadeza e traz aspectos cada vez mais expressivos para as silhuetas. No último mês de desfiles, as passarelas serviram como palco para intensificar as vozes que pedem por mais liberdade, igualdade e respeito, um espírito que reflete nas modelagens e também nas tendências da estação.

 
A nova feminilidade

De acordo com a WGSN, durante muitas estações o foco nas formas andróginas apresentou as mulheres como “um dos garotos”, com shapes soltos e de pegada agênera, que pouco valorizavam as formas femininas. No último mês da moda, no entanto, a feminilidade tradicional ressurgiu com força, em um momento que não poderia ser mais oportuno.

 

 

Alexander McQueen FW 18 – Shapes e silhuetas poderosas para uma mulher destemida! Imagem via  WGSN Blogs.

 

Sob o tema “Romantismo é força”, Pierpaolo Piccioli trouxe para a passarela da Valentino a perfeita síntese desse novo momento da moda. As cores são suaves como o rosa blush e o menta dividem espaço com tons ultra vibrantes, que servem como ponto de balanço para a estamparia de motivo floral. Flores maxi desconstruídas, babados assimétricos e shapes que lembram pétalas trazem bastante impacto para as peças, rompendo com a tradicional delicadeza dos motivos estampados para criar a imagem de uma mulher poderosa, cheia de atitude.

 

Valentino FW 18

 

Com a força do  Movimento #Me Too e a explosão global de mulheres que exigem paridade, reconhecimento no local de trabalho e o fim do assédio sexual, os ternos e tailleurs apareceram com tudo nas passarelas. Símbolo da ascenção feminina no mercado executivo dos anos 80, eles aparecem em versões brocadas e repletas de strass na passarela Giorgio Armani, estruturados e com calça flare para Jil Sander e com pegada boyfriend na coleção Ralph Lauren.

 

Giorgio Armani, Jil Sanders e Ralph Lauren –  Terninhos voltam com tudo!

 

Em contraponto aos terninhos estruturados, os tailleurs ressurgem com uma proposta mais suave. Brilhos metalizados e sobreposições com calças trazem personalidade para o conjunto, propondo um workwear mais divertido. Na imagem: Max Mara, Chanel e Blumarine.

Ombreiras com maxi proporções também propõem esse retorno à estética oitentista. Saint Laurent, Balmain e Versace trouxeram de volta os ombros poderosos, combinados com looks divertidos e de personalidade forte, ideais para a noite.

 

 

A Nova Feminilidade – Saint Laurent, Balmain e Versace. Imagem via:  NY Times.

Muito associados à feminilidade tradicional, as rendas e os babados também marcaram presença em muitas passarelas. Nessa temporada, eles perdem o aspecto frágil e ganham releituras mais moderninhas através das aplicações inusitadas com assimetrias, proporções maxi e transparências sensuais.

 

 Blumarine, Balmain, Giambatista Valli e Givenchy – FW 18 

  • por Francieli Hess 

http://www.fashionbubbles.com/estilo/a-nova-feminilidade-silhueta-f...

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF