Consórcio Brasil Central promove seminário em Brasília

Brasília sediou, nos dias 22 e 23 de março, o Seminário Brasil Central: Transpondo Barreiras e Ampliando Fronteiras, no Palácio do Itamaraty. Com o tema articulação institucional e internacional, os governadores do Brasil Central discutiram soluções para construir e firmar alianças e acordos comerciais com entes públicos e privados, nacionais e internacionais, com o objetivo de desenvolver formas de ampliar as exportações na região. Na sexta-feira (23), também durante o encontro, tomou posse como presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques. Ele assume mandato de um ano no lugar do governador de Goiás, Marconi Perillo.

O Consórcio Brasil Central foi criado em 3 de julho de 2015 com o objetivo de fomentar o crescimento individual e regional com base na cooperação entre os chefes dos Executivos locais. O grupo é composto pelo Distrito Federal e pelos estados de Goiás, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, de Rondônia, do Tocantins e do Maranhão. O presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jamal Jorge Bittar, participa dos encontros do Consórcio como convidado.

Na oportunidade, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, falou do papel político do grupo na construção de uma agenda positiva. “O Consórcio Brasil Central é uma inovação na política brasileira em um momento de muita dificuldade, de crise econômica. Estados do Centro-Oeste mais Rondônia, Tocantins e Maranhão resolveram, em vez de disputar entre si, criar uma sinergia em benefício da população”.

Ao se despedir do cargo de presidente do consórcio, Perillo agradeceu aos integrantes pelo apoio e fez um breve balanço das ações. “Executamos e concluímos importantes trabalhos, como o Pacto Nacional pela Segurança, a aprovação da Lei Complementar nº 160, de 2017, que dispõe sobre a convalidação dos benefícios fiscais, o início do processo da compra compartilhada de medicamentos de alto custo”, elencou.


Agenda Internacional do Brasil Central

Após a posse de Taques, foi entregue a Agenda Internacional do Brasil Central ao secretário-geral das Relações Exteriores, embaixador Marcos Galvão. “Certamente será um marco importante para a formulação das diretrizes políticas e prioridades do Itamaraty”, declarou Galvão.

A agenda foi criada para ajudar a melhorar as condições de acesso a mercados externos dos produtos de interesse da região do Brasil Central. A ideia é facilitar as negociações comerciais e aumentar as exportações dos consorciados de forma conjunta.

A programação do encontro seguiu com mesa redonda Oportunidades e desafios para o Brasil Central no contexto Internacional, em que os governadores debateram sobre as dificuldades que precisam ser superadas nas relações de comércio exterior. Para fechar as discussões, Roberto Jaguaribe Gomes de Mattos, Presidente da APEX-Brasil, ministrou a palestra magna O futuro do comércio na globalização: O papel do Brasil nesse novo cenário.


Com informações da Agência Brasília e do Consórcio Brasil Central

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Ícone Instagram
Instagram
  • Branco Facebook Ícone
Facebook

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF 

(61) 3234-0414

SIA trecho 04, lote 1130

Edifício SENAP I (Cobertura)

Guará - Brasília /DF     Cep: 71200040 

© 2018 SINDIVESTE - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO DF