top of page
Buscar
  • sindivestedesign

Minissérie on-line apresenta questões relacionadas à inclusão na moda

Intitulado Curadoria Inclusiva, o projeto foi desenvolvido em quatro episódios pelo Instituto C&A com a plataforma Meu Corpo é Real


Com o objetivo de contribuir para a inclusão na moda, o Instituto C&A, pilar social da varejista no Brasil, e a plataforma Meu Corpo É Real lançaram uma minissérie educativa. A ideia principal é desmistificar estereótipos e estigmas que permeiam a vida de pessoas com deficiência, principalmente relacionados ao vestuário. Ao todo, serão quatro episódios on-line.


Vem saber mais!



O Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência é celebrado em 21 de setembro

Inclusão na moda

Os primeiros episódios estão disponíveis no YouTube. Intitulada Curadoria Inclusiva – Costurando Vivências para Desenhar Novos Futuros, a minissérie tem curadoria e roteiro assinados pela designer anticapacitista Michele Simões, que escolheu participantes ligadas à temática.

Entre as convidadas, estão Rebeca Costa, Laís Ramires, Geisa Farini e Maria Paula Vieira. O objetivo é que elas compartilhem perspectivas, vivências e opiniões sobre sobre acessibilidade para pessoas com deficiência e inclusão na moda.

“Moda inclusiva não deve ser restrita como um item feito para facilitar a vida de consumidores com deficiência, mas como um espaço a ser acessado de forma segura e ‘democrática’, dentro de narrativas estéticas que também se preocupem em criar e gerar desejo para corpos que acessam o mundo fora da via considerada padrão. Escolher a forma como você quer se apresentar ao mundo, sem para isso ter que se direcionar ao lugar especial, é um dos grandes propósitos do Meu Corpo é Real. A gente acredita e trabalha para que um dia a moda possa ser apenas moda, sem complementos”, destacou Simões em comunicado.


Idealizadora da plataforma Meu Corpo é Real, a estilista Michele Simões comanda a minissérie. A primeira convidada foi Rebeca Costa, modelo, advogada e palestrante



Laís Ramires, que é artista ativista, ilustradora e gerente de marketing, também participou


Um dos episódios tem a presença de Geisa Farini. Além de engenheira de software, ela é palestrante e produtora de conteúdo sobre beleza, viagens, música e vivência com deficiência visual


Outra convidada foi a jornalista Maria Paula. Ela também é modelo, atriz, influencer e fotógrafa


No conteúdo, as convidadas pontuam necessidades e desafios do dia a dia com o intuito de oferecer insights para a criação de peças funcionais, mas também com informação de moda e tendências. Além de abrangentes e inclusivas, as coleções devem ser atrativas e possibilitar que as pessoas com deficiência utilizem o vestuário como um meio de expressão.

“Quando o assunto é moda inclusiva, vemos uma grande e sensata preocupação com a modelagem dos produtos, porém o ecossistema que envolve esse tema é muito mais vasto do que apenas a funcionalidade das peças. O fio condutor para o desenvolvimento da minissérie foi abrir um diálogo no qual a moda para PcDs comece a avançar também em frentes quase nunca abordadas, tais como repertório de estilo, experiência de compra, cadeia produtiva e não menos importante, funcionalidade de produtos”, pontuou Michele Simões.



Nos episódios, as convidadas mostram o que costumam vestir


A minissérie Curadoria Inclusiva – Costurando Vivências para Desenhar Novos Futuros é uma iniciativa do Instituto C&A



O projeto convida o espectador a uma jornada educativa sobre inclusão


Há mais de 30 anos, o Instituto C&A desenvolve ações voluntárias, projetos de fomento ao empreendedorismo e empregabilidade na moda. Já a plataforma Meu Corpo é real atua no desenvolvimento de projetos focados em consumidores com deficiência desde 2015, com o objetivo de conectar profissionais, marcas e consumidores.



Fonte: Metrópoles



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

INFORMATIVO MPME Nº14

Programa "Desenrola Pequenos Negócios" promove Renegociação de Dívidas para MEIs, Micro e Pequenas Empresas O programa "Desenrola Pequenos Negócios" para renegociar dívidas de MEIs, micro e pequenas e

Comments


bottom of page