top of page
Buscar
  • sindivestedesign

Lago Couture se destaca na capital com bolsas de couros exóticos

Couro de pirarucu, píton e jacaré, além do bovino, dão forma aos acessórios da etiqueta brasiliense, que aposta em modelagens versáteis


Desde 2016, a Lago Couture é a etiqueta por trás das bolsas coloridas feitas em couro de pirarucu que circulam pelas ruas de Brasília. Para além do carro-chefe, a empresa produz acessórios, como colares, e também tem uma linha de vestuário. No quadro Moda Brasília, nesta sexta-feira (6/10), a coluna apresenta a trajetória da marca.

Vem conferir!



Atualmente, a etiqueta brasiliense trabalha com acessórios e uma linha de acessórios


Lago Couture

Sob o comando de Luiz Antônio Gomes, a Lago Couture foi fundada após muito estudo sobre o universo da moda. Com foco em peças atemporais, a etiqueta brasiliense é reconhecida pelos designs elegantes e, em especial, os trabalho com couros exóticos, como de pirarucu, píton e até jacaré. A marca se preocupa com a origem das peles e usa matérias-primas certificadas.

Para além do quadradinho, a marca já desembarcou em terras mineiras, no salão do 25º Minas Trend. Outro grande carimbo no passaporte da Lago foi a participação na Semana do Design de Nova York, nos Estados Unidos, em 2021.

Na ocasião, a Lago Couture levou duas bolsas: a Totte e a mochila Retângulo, com design modernista. Ambas as peças são eternizadas como clássicas na marca e continuam disponíveis para o público.

O brasiliense Luiz Antônio planeja um crescimento orgânico para a etiqueta. “Na pandemia, eu já estava em um grade processo de expansão para o ano de 2020. Atualmente, ainda estamos nos reerguendo e colhendo um pouco do que passamos no período de Covid-19. O plano, agora, é manter o crescimento que a gente tinha antes”, revela.


O fundador da Lago Couture, Luiz Antônio Gomes, nasceu em Brasília



O empresário se inspira na arquitetura da cidade para a criação das peças


Formado em arquitetura pela Universidade de Brasília (UnB), o designer se interessa por moda desde cedo



A Lago Couture trabalha com couros exóticos, como o de píton e o de pirarucu

Cria Brasília

Ao lançar a Lago Couture, o empresário e designer Luiz Antônio começou a participar de feiras de moda autoral em Brasília. Após a boa aceitação do público, começou a deixar as coleções em lojas colaborativas da cidade. Na época, teve um bom retorno de vendas.

O empreendedor optou por continuar com o estoque na Cria Brasília. Por lá, começou a desenvolver outros produtos e acessórios. Contudo, foi em 2018 que Luiz teve a oportunidade de adquirir o espaço físico da Cria.

“Passei a administrar a Cria Brasília e a minha marca pôde crescer. Não demorou para expandir a Lago Couture para a área de vestuário. E, atualmente, também sou responsável também pela marca autoral da Cria Brasília”, destaca o empresário.



Couro de píton também é base para as bolsas da etiqueta



A marca oferece acabamentos minuciosos


A ideia é proporcionar durabilidade alta


Moda Brasília

A coluna deu início à série Moda Brasília em 2021. Toda semana, apresentamos marcas, designers e etiquetas locais, a fim de dar ênfase à moda criada no Distrito Federal, no Centro-Oeste.

O objetivo é compilar iniciativas e empresas que atuam em prol da cadeia produtiva regional de maneira criativa, sustentável e inovadora. Os nomes são selecionados de forma independente pela equipe da coluna, a partir de critérios como diferencial de mercado, pioneirismo e ações que valorizem a comunidade.



Fonte: Metrópoles

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

INFORMATIVO MPME Nº14

Programa "Desenrola Pequenos Negócios" promove Renegociação de Dívidas para MEIs, Micro e Pequenas Empresas O programa "Desenrola Pequenos Negócios" para renegociar dívidas de MEIs, micro e pequenas e

Comentários


bottom of page