top of page
Buscar
  • sindivestedesign

Brasilienses participam de projeto inédito de moda, arte e música na África Central

Os profissionais de diversas áreas estão na República dos Camarões para o Cameroon Fashion Design

De 3 a 8 de junho, uma delegação de Brasília participa do Cameroon Fashion Design, um festival de moda realizado na República dos Camarões. Este evento, que integra o Projeto Olhares Intercâmbio, tem como objetivo promover negócios e intercâmbio cultural, reunindo designers, empresários de moda, modelos, artistas visuais, músicos e fotógrafos da capital brasileira.

O projeto visa impulsionar o mercado da economia criativa de Brasília e do Brasil, com foco especial nas áreas de moda, artes visuais e música. Além disso, busca destacar o Distrito Federal e o Brasil no cenário global através do comércio exterior. Outra meta é promover a sustentabilidade, valorizar a cultura do DF e incentivar o empreendedorismo inclusivo por meio da arte.

Vanessa Mendonça, presidente do Conselho de Empreendedorismo Internacional, lidera a iniciativa, reconhecendo o grande potencial empresarial do projeto. “Assim que conheci o ‘Olhares’ e entendi o propósito e os objetivos, ficou claro que estar ao lado dessas pessoas é fundamental para o fomento ao empreendedorismo criativo”, disse.

Após a participação em Camarões, a equipe planeja estabelecer diálogos com outras embaixadas para expandir o projeto para diferentes países, visando fomentar o intercâmbio cultural e econômico entre o Brasil e outras nações.

A delegação que viajou aos Camarões é composta por estilistas, artistas plásticos, fotógrafos, músicos, modelos, cineastas, assistentes e diretores do projeto, representando a diversidade e a criatividade da cena cultural de Brasília. Durante o festival, eles participarão de rodadas de negócios, desfiles, noites gastronômicas e outras atividades programadas ao longo dos cinco dias de evento.

De volta ao Brasil, o Projeto Olhares organizará eventos no Distrito Federal para compartilhar as experiências adquiridas em Camarões. Entre as atividades previstas, destaca-se a produção do evento “Olhares sobre o Brasil”, agendado para ocorrer de 22 de outubro a 6 de novembro de 2024. Além disso, o projeto continuará a promover pocket shows, workshops e rodadas de negócios, com o objetivo de fomentar o mercado de moda e cultura do DF.

Confira todos que compõem a delegação:

Direção e gestão

  • Cida Carvalho: Artista, designer e diretora geral

  • Vinícius Bednarczuk: Diretor executivo

  • Carol Kreismann: Diretora de imagem e estilo

  • Cleuza Brandão: Cineasta

  • Marina Sakamoto: Produção e curadoria de moda

  • Eloisa Cunha: Diretora de cinema

Coordenação e assistência

  • Vanessa Mendonça: Coordenadora de intercâmbio comercial

  • Esteffany de Paula: Assistente

  • Tamires Carvalho: Assistente

Design e estilo

  • Luiza Miranda: Designer de joias – Poncã

  • Flavia Amadeu: Designer de joias

  • Victor Alves: Estilista – Ateliê Legbara

  • Thatyanna Barros: Estilista – Verdurão

  • Jane Guedes: Estilista – Jane Guedes Ateliê

  • Victor Hugo: Estilista – Soulivier

Artes plásticas

  • Wal Andrade: Artista plástica

  • Claudia Godoy: Artista plástica / fotógrafa

  • Évelin Araújo: Artista plástica

  • Paulo Melo: Artista e fotógrafo

  • Dulce Vidigal: Artista plástica

  • Irany Poubel: Artista plástica e RP internacional

  • Vilma Machado: Artista plástica

  • Roselena Campos: Artista plástica

  • Ana Maria Pimentel: Artista plástica

Música e performance

  • Eliza Borges: Cantora

  • Charles Belém: Músico

Fotografia e filmes

  • Danilo Borges: Claraboia Filmes

  • Juliana Boechat: Claraboia Filmes

Tradução

  • Chloé Leblanc: Tradutora

Scouting de modelos

  • Maryana Costa: Modelo scouting agência de modelos

  • Amanda Vieira: Modelo scouting agência de modelos

  • Luana Bontempo: Modelo scouting agência de modelos

  • Wellington Colt: Modelo scouting agência de modelos



FONTE: GPS BRASÍLIA

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Copom mantém a taxa Selic em 10,50% a.a.

O ambiente externo mantém-se adverso, em função da incerteza elevada e persistente sobre a flexibilização da política monetária nos Estados Unidos e quanto à velocidade com que se observará a queda da

Comments


bottom of page