top of page
Buscar
  • sindivestedesign

Alban assume CNI com foco em destravar industrialização do país

Segundo ele, é preciso avançar no aumento da competitividade e da produtividade de forma sustentável e mais digital. Empresário do DF tomou posse como um dos vice-presidentes

Por Samanta Sallum

O novo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o empresário baiano Ricardo Alban, tomou posse ontem, em grande e concorrido evento, realizado em Brasília. Reuniu cerca de 2 mil convidados entre autoridades, parlamentares, representantes do Judiciário e empresários, no CICB. O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento da Indústria e do Comércio, Geraldo Alckmin; o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; o governador do DF, Ibaneis Rocha, participaram da solenidade, além de ministros de Estado. Governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; da Bahia, Jerônimo Rodrigues; e do Ceará, Helmano de Freitas, também marcaram presença, junto com o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, e o presidente do Sebrae, Décio Lima.

Alban foi eleito em maio, com chapa única, para o mandato de 4 anos. Vai suceder Robson de Andrade. “Depois de anos de declínio, temos uma oportunidade única, talvez a última dessa geração, de revitalizar o nosso setor e entregar ao Brasil tudo que uma indústria forte e dinâmica pode entregar a um país: desenvolvimento econômico e social, com inovação e geração de empregos de mais qualidade”, destacou

Letalidade do custo Brasil

Alban criticou o cenário de problemas que travam a setor produtivo. “É hora do basta à letalidade do custo Brasil, o imenso fardo tributário, a infraestrutura precária, os juros escorchantes, o gap tecnológico com a necessidade de modernização de máquinas e equipamentos, a dificuldade em formar mão de obra mais qualificada, para a qual precisamos atualizar a relação capital e trabalho, com o bom diálogo e pelo aumento da produtividade.”

Vice-presidência Centro-Oeste

O presidente da Federação das Indústrias de Brasília (Fibra/DF), Jamal Bittar, assumiu o cargo na direção nacional como vice-presidente executivo para Região Centro Oeste. “Terei a responsabilidade de levar à frente as pautas da Região, que teve crescimento industrial bastante representativo nos últimos anos e que tem na agroindústria e na indústria da tecnologia dois caminhos para se destacar no cenário do setor no Brasil”, destacou Jamal.


O presidente da Fibra recebeu os cumprimentos do ministro da Secom da presidência da República, Paulo Pimenta, do conselheiro do TCDF Paulo Tadeu e de Valdir Oliveira, do Sebrae.

Jamal reforçou a missão da entidade no empenho em modernizar a indústria brasileira. “O presidente Ricardo Alban é um gestor extremamente competente e tenho certeza de que será liderança fundamental para setor no Brasil. Após anos de queda da participação da indústria na economia nacional, a neoindustrialização passou a ser destaque nos debates sobre o futuro da economia brasileira.”




Fonte: Blogs Correio Braziliense

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

INFORMATIVO MPME Nº14

Programa "Desenrola Pequenos Negócios" promove Renegociação de Dívidas para MEIs, Micro e Pequenas Empresas O programa "Desenrola Pequenos Negócios" para renegociar dívidas de MEIs, micro e pequenas e

Comentários


bottom of page